Plano Odontológico Sem Carência

Bradesco, Golden Cross, Odontoprev, Oral Pro, OralCard, Prevent Sênior, Seguro Saude, Uniodonto Add comments



Os planos odontológicos e os planos de saúde normalmente implicam um período de carência antes de serem utilizados pelos clientes. Isso significa basicamente que se o plano contratado estipular, por exemplo, “três meses de carência”, isso significa que o cliente terá de pagar primeiro pelo menos três mensalidades do plano até começar a usar as coberturas previstas. Isso tem fundamento em alguns planos, como por exemplo um plano de gravidez. Se não houver carência, a maioria das mulheres iria comprar o plano apenas durante dois ou três meses, e para evitar isso a empresa que comercializa esses planos pede uma carência de alguns meses para não sair prejudicada no negócio. O período de carência acaba sendo também uma estratégia de marketing, com as diferentes empresas que comercializam os planos odontológicos tentando não colocar carência nos planos ou colocando o menor número de meses possível para atrair mais clientes.

Existem muitos planos odontológicos no mercado que não têm carência, no entanto o plano pode exigir outras compensações, como um preço mais elevado, ou exigir que o plano inclua pelo menos três ou quatro pessoas numa família. Por isso, antes de assinar algum contrato convém dar uma olhada nos diversos planos que existem no mercado, e existem milhares, muitos deles de companhias com excelente reputação nessa área. Escolha um plano que melhor se adeque às suas necessidades dentárias e de sua família. Se deseja apenas que a família tenha consultas regulares num dentista, então um plano mais básico será suficiente, mas se alguém na família tem problemas com próteses, gengivas ou doenças da boca então poderá ter de escolher um plano que cubra esses tratamentos.

Leave a Reply

© 2013 Guia Plano Odontologico - Privacy Policy
Entries RSS Comments RSS Log in