Clareamento Dental

Odontoprev, Omint, OralCard, Planos de Saude, Prevent Sênior, Prodent, Sulamerica, Unimed Add comments



O clareamento dental normalmente não está incluído nos diversos planos odontológicos que estão disponibilizados no mercado. Alguns planos cobrem o clareamento de dentes desvitalizados, mas não os restantes. Isso acontece porque é considerado um tratamento estético, de embelezamento, e os planos cobrem os tratamentos mais importantes como obturação, consultas, tratamento de boca e gengivas, cirurgia e demais tratamentos essenciais. Se optar por um plano mais caro terá mais coberturas, mas normalmente não incluem o branqueamento, portanto se pretender realizar esse tratamento terá de ser realizado sem recurso ao plano odontológico.

O dentista começa por fazer um estudo pormenorizado de seus dentes e boca. Se tiver muitos dentes restaurados, pivôs, implantes ou qualquer outro tipo de prótese fica difícil fazer esse tratamento porque a cor do material das próteses não muda. Então, se tiver parte de um dente restaurado com amálgama, será difícil conjugar a cor de todos os dentes restaurados ou falsos. Se for possível realizar o embelezamento, o dentista começa por isolar toda a área da boca e gengivas, e limpar adequadamente os dentes para retirar qualquer vestígio de restos de comida. Seguidamente passará um gel apropriado, que será ativado através de uma luz. Existem obviamente outros tipos de tratamento, mas esse é o mais comum.

Também é possível fazer certos tipos de branqueamentos em casa. Consulte seu dentista antes de tomar qualquer decisão ou comprar qualquer material para esse efeito, porque ele é a pessoa correta para o aconselhar devidamente sobre as vantagens e desvantagens desse tipo de tratamento.

Leave a Reply

© 2016 Guia Plano Odontologico - Privacy Policy
Entries RSS Comments RSS Log in